Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

Diz esta notícia aqui, que os CTT vão processar a DECO/Proteste pelo estudo apresentado por estes, uma vez que se apresenta com 'intuitos difamatórios'. Ao que parece, o estudo aponta deficiências várias ao nível de atendimento do público: morosidade, informação, serviços prestados, horário inconveniente, etc. Uma amostragem, segundo a DECO, correspondente a 1/3 das estações dos CTT no território nacional.

Uma coisa é certa: desde que os Correios, Telégrafos e Telefones passaram a abarcar um sem-número de competências marginais, parece-me a mim, que já sofri na pele a ausência de qualidade de serviço, que o 'core business' ficou realmente afastado. Não é uma, nem duas, nem três vezes que, como mero exemplo, uma carta registada é rapidamente substituída pelo aviso rosa, no receptáculo -quando não entulhada, mas já lá vamos- sem sequer o Carteiro ter experimentado tocar à campaínha. Dará menos trabalho, julgo eu.
Por outro lado, é irritante a quantidade de publicidade agregada em 'mail bus' que chega todos os dias (pronto, talvez 6, em 7 dias) às caixas de correio, tenham elas ou não o dístico de 'publicidade: aqui não'.
Irritante também é ver que este tipo de serviço -em sub contrato ou em qualquer outra modalidade- enverga o colete CTT.
As imagens lá em cima não deixam margens para dúvidas, pois não?

Por isso, talvez fosse conveniente averiguar se o tal estudo da DECO não terá, porventura, alguma pontinha de razão, verificar onde estão as falhas, se existirem, corrigir procedimentos se os houver a corrigir, e então depois, encher o peito de ar. Até lá...


publicado por LMB às 15:36 | link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
16

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Books Invoicing

a propósito: o universo c...

limpar portugal

lx: debaixo dos pés

é a vida

pangea ultima

PECa

memória: peggy lee

iSilly

'like angels'

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Abril 2004

tags

37/2007

500 miles

7 maravilhas

abril

agostinho da silva

água

alentejo

algarve

allsopp

amazon

american

amero

amigos

anatomia

anos 60

apollo

apollonius

apple

apple. mac

applestore

apr

arrábida

arrabida

art building

arte

artsoft

astarte

atlântida

att

auschwitz

auto

azeitão

bacalhau

bairro alto

banco

bento

berenice abbott

biblia

bic

bijagós

bizplan

boi

casa portuguesa

computing

cosmos

creiro

cromos

cupertino

dakar

design

dias da radio

do fundo do baú

erp

europa

fiat

fred astaire

gene kelly

gourmet

hansaworld

história

ido mas não esquecido

igreja

iphone

ipod

jazz

lisboa

mac

mac os x

macworld

mafra

marketing

marte

memoria

merchandising

microsoft

mirror world

modelo

motor

mundo

natal

new york

nova iorque

outono

pavarotti

porto

portugal

renovaveis

rodrigo leão

rtp

russia

service

setubal

sic

star tracking

tejo

titanic

trizle

universo

verão

vida

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds