Segunda-feira, 1 de Junho de 2009

Sei que é apenas ilustrativo, mas comparo-me a mim mesmo a um 'todo-o-terreno' sob o ponto de vista profissional: apanho grandes montes, vales profundos, patino na lama, arranco em cascalho solto, largo e engulo poeira mas desoriento-me no nevoeiro cerrado. Talvez pela rodagem que já levo, a tracção começa a ficar agastada, por outro lado, a atracção por determinadas áreas de negócio no trilho que conheço há décadas apresenta-se como paisagem repetida, uma espécie de déjà vu em reprise cinematográfica.
É certo que poderei ter bom remédio: saio do trilho e entro em estrada. Mas aí já não é a mesma coisa: a patine de lama, poeira e amolgadelas perdem-se e passo a ser mais um parecido com todos os outros. Por outro lado, também não sei se me habituaria ao novo piso: é como colocar um elefante numa loja de porcelanas e sussurrar-lhe à orelha 'agora não partas nada'.
Uma conversa a semana passada, numa cervejaria da capital, fez-me ver de novo que há vivências bem mais interessantes e que eu, afinal, não tenho muito para contar.
Apetece-me de facto estacionar e deitar a chave fora.



publicado por LMB às 19:30 | link do post | comentar | favorito

9 comentários:
De Sérgio C. a 1 de Junho de 2009 às 20:59
nunca te darias bem fora de estrada sinuosa :) E acho que não perdes tracção nenhuma com a quilometragem. Pensa assim: os Clássicos são cheios de charme e sim, muitaaaa rodagem. Mas, os "novos veículos" não trazem nada disto. Também há carros yupies, não é? eheheh.
Este teu post foi só um escape com CO2 a mais.
Um abraço e mete tracção às 4!
SG


De LMB a 1 de Junho de 2009 às 21:03
É. Pode ser que tenhas razão. Se calhar foi por ter lido o aviso de EAS Fault no tablier. Sei lá.


De Anónimo a 1 de Junho de 2009 às 21:17
TU numa cer-ve-ja-ria? LOL! ice tea? :)

Fica bem e NÃO estaciones.


De LMB a 1 de Junho de 2009 às 21:18
EU numa cervejaria.


De Anónimo a 1 de Junho de 2009 às 22:03
Hoje, é minha convicção, que o melhor caminho, não é este ou aquele, por esta ou outra razão.
O Caminho é o que melhor veste a consciência de mim . Desenha-se a partir da sintonia comigo mesmo e a atenção ao meu redor, em cada momento. A Força nem sempre é necessária, depende do caminho. Mas se for precisa é porque ela existe.


De Viajante a 1 de Junho de 2009 às 23:19
Palavras e viagens em plena idade da razão - avancem! O que importa é fazer caminho, com ou sem lama e/ou nevoeiro. Boa viagem ;)


De Rita a 2 de Junho de 2009 às 10:41
Explique lá o posto por e-mail, vá.


De Viajante a 2 de Junho de 2009 às 12:19
Eu não escrevi nadinha em e.mail.


De Rita a 2 de Junho de 2009 às 13:52
Viajante, não estou a falar consigo, até pq não o conheço de parte alguma. Estou Logicamente a falar com o autor do blog que é meu amigo.


Comentar post

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
16

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Books Invoicing

a propósito: o universo c...

limpar portugal

lx: debaixo dos pés

é a vida

pangea ultima

PECa

memória: peggy lee

iSilly

'like angels'

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Abril 2004

tags

37/2007

500 miles

7 maravilhas

abril

agostinho da silva

água

alentejo

algarve

allsopp

amazon

american

amero

amigos

anatomia

anos 60

apollo

apollonius

apple

apple. mac

applestore

apr

arrábida

arrabida

art building

arte

artsoft

astarte

atlântida

att

auschwitz

auto

azeitão

bacalhau

bairro alto

banco

bento

berenice abbott

biblia

bic

bijagós

bizplan

boi

casa portuguesa

computing

cosmos

creiro

cromos

cupertino

dakar

design

dias da radio

do fundo do baú

erp

europa

fiat

fred astaire

gene kelly

gourmet

hansaworld

história

ido mas não esquecido

igreja

iphone

ipod

jazz

lisboa

mac

mac os x

macworld

mafra

marketing

marte

memoria

merchandising

microsoft

mirror world

modelo

motor

mundo

natal

new york

nova iorque

outono

pavarotti

porto

portugal

renovaveis

rodrigo leão

rtp

russia

service

setubal

sic

star tracking

tejo

titanic

trizle

universo

verão

vida

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds