Sábado, 26 de Julho de 2008

ATOM é um processador desenvolvido pela Intel. Coisa ultra minúscula e ultra leve em gasto de energia. Aplica-se em coisinhas portáteis, de bolso ou quase. Tinha outro nome há uns meses, mas agora, tem baptismo 'pré-atómico'.
Especulando agora: Oppenheimer, CFO de Cupertino, -e o mesmo que deu o nome o ano passado para abertura do escritório em Lisboa- disse esta semana à rapaziada analista das coisas dos números, vulgo financeiras: "Malta! As nossas margens no Q4 poderão vir a ser afectadas por uma coisa que a gente aqui chama de 'product transition'. Nada de grave mas é só para avisar'.
Não há Macworld em Agosto, a próxima, tudo indica começa a 5 de Janeiro de 2009, a nova Apple Expo 'Remix' de Paris em Setembro, também já não é o que era (talvez até seja melhor), mas tudo isto como se sabe, não é impeditivo de coisa alguma para Cupertino. Portanto, se as margens 'são afectadas', das duas uma: os custos de produção sobem e realinha-se a gama ou um produto novo vê a luz do dia. Talvez a última faça mais sentido. Mais ainda quando o Q4 (último trimestre do ano fiscal americano a terminar em Setembro) é só bom para os gelados lá ou cá e, se se retirar a repetitiva e cansativa campanha do 'back to school', resta o período áureo natalício. Esse sim, onde tudo se 'papa'. E a malta quer sempre mais da companhia que vale mais de 130 mil milhões de dólares desvalorizados, a começar por ecrãs maiores mas portáteis (não 'transportáveis') e tácteis e fininhos e leves e ainda acessos wireless e rápidos e baterias que durem, durem... e isto e aquilo e, e.....
Nada do outro mundo. É só tirar da gaveta o projecto empanado de 2002 e pode estar aí um produto interessante. Aguardemos, atom.

tags:

publicado por LMB às 18:13 | link do post | comentar | favorito


Soa mal, mas sabe bem. Pelo menos a quem diz respeito: Google. Dizem estes que já ultrapassaram a barreira de 1 trilião de URL originais. Sendo muitos deles similares ou replicantes em conteúdos automaticamente gerados, o número pode até não ser exacto, mas não deixa de ser impressionante a par com sofisticada capacidade de indexar uma monstruosidade deste calibre.

Créditos: imagem google.com


publicado por LMB às 17:56 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Julho de 2008

[...]"O interesse em Linux e no MacOS continua a aumentar”, disse John Andrews , presidente e CEO da Evans Data. Apesar de não colocar em causa a predominância do Windows, o MacOS cresceu 50% como plataforma de desenvolvimento primária, acrescentou."[...]


publicado por LMB às 13:21 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 23 de Julho de 2008


Quoi

tags:

publicado por LMB às 01:28 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Julho de 2008


Desconcertante apresentação (vamos chamar-lhe assim) dada pelo Prof. Frederick Pausch, doente terminal, sobre 'os sonhos de criança'. Video longo de mais de 1h. com uma mensagem subjacente da forma mais despreocupada e feliz possível.
De facto, não damos as cartas, só jogamos com elas. -RFP dixit


publicado por LMB às 00:52 | link do post | comentar | favorito

height="244"></span>

The Modern Jazz Quartet

tags:

publicado por LMB às 00:22 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 20 de Julho de 2008

Patagónia está na minha lista de locais a visitar. Não sei se lá irei ou se terei tempo. Sim, unicamente tempo. Mas a continuar assim, o tempo, também na sua vertente meteorológica, vai encarregar-se de limpar do mapa aquilo que eu esperaria vir a encontrar e que lá está, segundo dizem os especialistas, há 30 mil anos: o glaciar Perito Moreno.
Será o único glaciar do planeta que continua a crescer, no entanto, o video lá em cima parece contrariar esse fenómeno.


publicado por LMB às 00:26 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 19 de Julho de 2008

Não sei se a ASAE lá toma a bica ou come um pastelito, ou se porventura a estação de Coina da Fertagus, estará no roteiro deles. O que eu sei é que há procedimentos de base de quem serve produtos alimentares, que não precisam de 'fiscalização exterior', basta a massa cinzenta ser posta a trabalhar e ver que um balde e esfregona não são compatíveis com os bolinhos prontos a saltar para o balcão. Não somente esses visíveis na foto, mas outros também e para os quais falta alguma cobertura para aquele simpático insecto que tanto ali pode pousar como na bosta de cavalo. Que se saiba, a larva de mosca é útil em duas situações: em medicina legal e na pesca. Não me parece que haja enquadramento ali.

De resto, tenho notado por aqui, no triângulo de Azeitão, que o hábito (insano) de ter tabuleiros de bolos (quiçá especialidades...) desprotegidos e funcionando como catalizadores dos tais insectos e também dos salpicos de uma tosse mais avolumada tida ao balcão, existe em alguns estabelecimentos, sem qualquer preocupação, mesmo que para tal já sido alertados. Ouvidos de mercador -passe o ditado- e para os quais não tenho pena alguma se um dia destes levarem com uma bordoada dos rapazes do colete. Verdade seja dita, que também não sei se existe ou não legislação neste sentido (de cobrir tabuleiros ou açafates de qualquer coisa comestível e não embalada) ou se a preocupação vai mais para as colheres de pau do que para coisas evidentes.


publicado por LMB às 23:34 | link do post | comentar | favorito


Não serve por uma única e importante razão: uma praça tradicional está, na grande maioria das vezes, mais arrumada que um hipermercado ou supermercado.
É irritante (e será perigoso até acontecer, um dia) fazer quaisquer compras nos 'nossos' grandes grupos de distribuição. Chamemos-lhes, claramente, pelas insígnias: Modelo, Continente, Feira Nova, Pingo Doce, Jumbo e Intermarché.
Irritante pelos corredores ora atravancados de paletes, ora de carrinhos-contentores cheios de desperdícios de caixas de cartão, ora de contentores plásticos carregados de géneros para venda em locais onde uma cadeira de rodas não passa, e neste último caso, grave, porque é apenas a ânsia de vender na esquina estratégica que tolda a razão.

Para além do aspecto de desmazelo que pode definitivamente passar -todos sabemos a importância da reposição de produtos, mas todos sabemos também que pode passar por uma questão de bom senso em termos de horários- o acidente gratuito com os clientes que ali largam a nota, está à mão de semear.
Todos, sem excepção, fazem desta prática de reposição a 'horas de ponta' o seu forte, quando a 'hora de ponta' não existe, também lá estão, ou seja, na prática estão sempre presentes.
Nada tenho contra a reposição, tenho sim, do modo como ela é efectuada, sabendo que existe alternativas aos porta-paletes no mercado e até bem melhor do que eu, saberá quem gere esta indústria. Eu faço apenas o meu papel de cliente-pagador que não tem de encontrar em todos os corredores lineares tapados ou com impedimento de paletes aquilo que vou à procura.

Hoje, esbarrei numa dessas esquinas com um dos múltiplos porta-paletes 'fora de mão'. Podia ter resultado no tal acidente que poderia estragar um Sábado. Pedi a presença do chefe de loja: não estava. Valeu a cortesia e o profissionalismo da colaboradora que falou comigo. Ponto de vista para aqui, ponto de vista para ali, argumento para cima, contra-argumento para baixo, a razão assistia-me e disso não houve dúvidas. A questão local parou ali, mas aí no norte, meu caro, prepara-te porque a cartita vai a seguir.

Como dizia um batráquio francês: é totalmente inaceitável, meus caros senhores da 'grande distribuição' que v.exas. insistam em transformar as vossas grandes ou pequenas superfícies no modelo de armazém de retém. Só faltará mesmo, a genial opção de colocar empilhadores no circuito dos clientes.
É curioso, mas não vejo isto -pelo menos desta forma agressiva e atravancada- no 'El Corte Inglés'. Eu sei que é mais caro, que não tem talões, que não é o 'sítio do costume' e que não é mosqueteiro de coisa alguma, mas que diabo, deve ter uma coisa boa pelo menos: talvez o respeito por quem lhe dá os euros para pagar a renda, não considerando esses, um estorvo à prática repositória do seu estabelecimento.


publicado por LMB às 22:43 | link do post | comentar | favorito




publicado por LMB às 21:54 | link do post | comentar | favorito


Na verdade só prova a versatilidade da plataforma.
É certo também que o ano passado, à boca da saída do 'Leopard', se gerou um ruído de fundo depois do patrão da SUN ter anunciado que o novo sistema Mac OS X teria um ficheirito importante que poderia torná-lo como 'O' ficheiro: ZFS de seu nome (Zettabyte File System). 'Que não', dizia a Apple, 'que sim' ripostava a SUN. Pois, pois digo eu.
Já com o binário 117, ZFS instala-se no 10.5.4 criando uma partição à parte que é 'montada' como disco externo, passando ao lado do clássico 'disk utility' que sabe que está lá a partição, mas segue em frente.
O Xserve foi, de facto, dos poucos servidores interessantes que me passou pelas mãos, antes dele só o 'mini-bar' AWS (Apple Workgroup Server) e antes, bem antes, o AViiON Data General.
Mas, servidores à parte, não deixa de ser curioso, e só isso, depois do tal 'bruáá' sobre o ZFS, ver que afinal de contas o 'alimento' para os ditos, passa por Solaris no próprio fabricante de Cupertino & worldwide, Linux no 'VAD' nacional e, vá lá, um original OSX no grupo do 'VAD' e também na 'store' desse grupo.

tags:

publicado por LMB às 00:08 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Chama-se XO-2, vai custar $75 e deverá estar no mercado dentro de alguns meses. Destina-se a crianças em qualquer parte do mundo, mesmo essa mais desconhecida e infoexcluída. O projecto de Negroponte, que começou por $100 e acaba por estar quase no dobro, tem o nome de 'One Laptop per Children'; não tem o cariz comercial associado, mas antes o da boa-vontade, sobretudo de governos, esses sim, podem passar cheque.
Mas o XO-2 assenta em tecnologia inovadora e económica, desenvolvida pela Pixel Qi e não tem nada de futurista ou ficção científica: usa -ou vai utilizar- uma tecnologia presente em produtos já conhecidos, entre os quais o debutante da passada semana que também faz telefonemas. Tudo reside no ecrã.
Se o primeiro e circulante produto da OLPC é baseado em software livre, Gates, antes de se reformar, anunciou que este, o XO-2, pode muito bem vir com uma versão simplificada do Windows. Em nada lhe tira o mérito, apenas alerta os distraídos e acrescentará uns pontos ao market-share. Sim, porque este também contará certamente.
É a vida.

Créditos: imagem OLPC


publicado por LMB às 01:21 | link do post | comentar | favorito


Li, algures, um comentário da actriz São José Correia, citando um amigo e a propósito da sua experiência profissional no Brasil e, que dizia assim: "os brasileiros recebem-nos de braços abertos, mas depois não são capazes de os fechar". Curiosamente, dou-lhe razão.


publicado por LMB às 00:08 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 15 de Julho de 2008

'Século Ilustrado', Maio de 1941

Créditos: imagem revistaantigaportuguesa.blogspot.com

tags:

publicado por LMB às 14:32 | link do post | comentar | favorito



A2 não existia, portanto não havia 'engarrafamento'. CRIL era uma miragem, CREL uma divagação.
Mas a futura A5, essa estava novinha em folha e chamava-se 'Auto-estrada da Costa do Estoril'.
Sem problemas entre 'o nó do Estádio e as portagens de Oeiras' e 'tudo livre na rotunda do relógio'. Era assim, Lisboa em '44.

Créditos: imagens via skycrapercity.com

tags:

publicado por LMB às 14:04 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
16

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Books Invoicing

a propósito: o universo c...

limpar portugal

lx: debaixo dos pés

é a vida

pangea ultima

PECa

memória: peggy lee

iSilly

'like angels'

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Abril 2004

tags

37/2007

500 miles

7 maravilhas

abril

agostinho da silva

água

alentejo

algarve

allsopp

amazon

american

amero

amigos

anatomia

anos 60

apollo

apollonius

apple

apple. mac

applestore

apr

arrábida

arrabida

art building

arte

artsoft

astarte

atlântida

att

auschwitz

auto

azeitão

bacalhau

bairro alto

banco

bento

berenice abbott

biblia

bic

bijagós

bizplan

boi

casa portuguesa

computing

cosmos

creiro

cromos

cupertino

dakar

design

dias da radio

do fundo do baú

erp

europa

fiat

fred astaire

gene kelly

gourmet

hansaworld

história

ido mas não esquecido

igreja

iphone

ipod

jazz

lisboa

mac

mac os x

macworld

mafra

marketing

marte

memoria

merchandising

microsoft

mirror world

modelo

motor

mundo

natal

new york

nova iorque

outono

pavarotti

porto

portugal

renovaveis

rodrigo leão

rtp

russia

service

setubal

sic

star tracking

tejo

titanic

trizle

universo

verão

vida

todas as tags

gestão para Mac
Image and video hosting by TinyPic
blogs SAPO
subscrever feeds