Terça-feira, 09.03.10

Paul Hanford -'itsy bitsy teeny weeny yellow polka dot bikini '

tags:

publicado por LMB às 00:12 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 08.03.10
pedimos desculpa por esta interrupção, os carris seguem dentro de momentos.

tags:

publicado por LMB às 23:51 | link do post | comentar | favorito


Em 1910, o dia 8 de Março instituiu-se como o 'dia da Mulher'. Cem anos, portanto.
Um século depois há ainda muito por corrigir, seja na atitude e no constante rótulo de 'ineficácia' -seja qual for a cor do cabelo- na fraca -premeditada pela outra metade- representação em cargos públicos ou empresarial seja ainda pela omissão na memória histórica, de muitas delas com relevo, que, para alguns convém até que se quedem pelo forçado esquecimento.
Claro que, se entre essas, existirem medidas padronizadas 86-60-86, então o esquecimento dá lugar a poster de garagem e aí toda a gente se recorda. Cruel e redutora, a ditadura do corpo, passa pelo bonitinho olho azul, o cabelito louro e um peso-pluma que não exceda os quarenta e cinco quilos. Este é o padrão de cobrança da sociedade; algo tipo 'reservado o direito de admissão'.
A posição cretina de algum 'mundo macho', que insiste na aberrante marca social da inferioridade feminina, não mudou radicalmente ao fim de um século. Se tivesse efectivamente mudado dessa forma, não teriam desaparecido da face da terra lusa, vinte seis mulheres vítimas da chamada violência doméstica, só no ano passado. E isto não é somente detalhe, nem o facto de ter descido o número de quarenta, em 2008, para este vinte seis representa algum motivo de orgulho. Orgulho seria não existir nenhum nestas circunstâncias. E isso seria, então, bom dia de comemoração.

tags:

publicado por LMB às 00:01 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 07.03.10
No final do ano de 1965, a taluda (a melhor do ano, como prenda no sapatinho) era confortável: 4 mil contos, no bilhete inteiro. A 'cautela' custava 18$00 e, por ela só, não dava acesso à 'sorte-mesmo-grande', mas ficava-se pelo prémio de consolação, caso fosse o 1º, uns quinhentos contos podiam ser arrecadados. Na mesma, uma pipa de massa.
Vem isto relacionado com a imagem lá de cima, sonegada do pura terylene virgem, onde as vedetas da época davam o seu comentário ao provável telefonema recebido de uma qualquer revista de então, perguntando o 'que fazia se lhe saísse a sorte grande'. Interessante que nenhum responde que compraria um carro, mas as casas, as viagens e a ajuda a quem necessitasse, essas continuam -teoricamente- actuais.

Créditos: imagem puraterylenevirgem.blogspot.com

tags:

publicado por LMB às 23:37 | link do post | comentar | favorito


Alberto: o título não é meu, é só tradução, ok?
Convém esclarecer estas coisas logo de início. Nunca se sabe se não virei a ser algum presidente de uma qualquer sociedade de desenvolvimento das ilhas desertas.
Todos os filmes do 'The travel film archive' são engraçadíssimos (já por aqui coloquei outros) e quando toca a este nosso luso quintal, ainda sabe melhor, visto à distância de 60 ou 70 anos.
Ide então ver e ouvir a conduta pouco ecológica do capitão Zarco ao queimar a madeira -aqui entenda-se árvores- por sete anos, as bordadeiras que só depois dos seus afazeres domésticos é que se dedicam à arte do bordado ou ainda, a particular astúcia e engenho dos britânicos nas coisas de fazer negócio, pois claro. Nessa perspectiva, não fossem eles ainda éramos capazes de estar a arrancar penas à gaivotas para escrever.



tags:

publicado por LMB às 19:32 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito


tags:

publicado por LMB às 19:14 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 06.03.10
Mr.Tallyman, Fozzie, Harry Belafonte e todos os outros:

tags:

publicado por LMB às 23:53 | link do post | comentar | favorito


Esta 'noiva' é diferente das convencionais de carne & osso. Para começar, é obra da artista plástica Joana Vasconcelos (que admiro e não pára nunca de surpreender) depois, não veste de cetim, mas sim imaculados tampões O.B. (o link aqui ao lado é apenas para rapazes distraídos que possam pensar que estou a referir alguma coisa de acessórios tuning) e para além de tudo mais, 'a noiva' é mesmo um lustre com quase cinco metros de altura. Não dá à luz, mas dá luz. E ilumina qualquer ideia. Magnífica.

Créditos: imagem guardian.co.uk

tags:

publicado por LMB às 22:54 | link do post | comentar | favorito


Para os padrões actuais, até pela orientação, poderá parecer um pouquinho estranho este mapa de F.Álvares Seco, matemático e cartógrafo português, que o criou em 1560. Não nos esqueçamos: no séc.XVI os satélites não passavam de um esquisso num couro curtido e a internet tinha ainda problemas de ligação de ideias. Chalaças à parte, é o Portugalliae, que olim Lusitania, nouissima & exactissima descriptio um documento soberbo admitindo tratar-se do primeiro mapa de Portugal. Interessante a referência, visível na imagem, a 'forno de vidro' nas imediações da Azeitão/Coina, talvez -e não sou historiador- no local predecessor da Real Fábrica de Vidros de Coina. A ver com muito mais detalhe aqui. Tanto assim é que Abraham Ortelius, dez anos depois, o incluiu no seu, igualmente pioneiro, atlas do mundo de então: o Theatrum

Créditos: imagem wdl.org


publicado por LMB às 18:55 | link do post | comentar | favorito


tags:

publicado por LMB às 16:38 | link do post | comentar | favorito


tags:

publicado por LMB às 10:03 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 05.03.10

Vem isto a propósito do 'Storik' trazer para as papilas gustativas dos lisboetas as magníficas tarte flambée ou flammekueche como são conhecidas na Alsácia. Andam, de facto, perto das tradicionais (e mais internacionais) pizzas, mas não são exactamente a mesma coisa e, se bem que a diferença não estará tanto na massa, ela reside logo no ingrediente base: ausência da tomatada. O meu amigo David, um luso-suiço, com uma mão de mestre para a arte destas rodelas gigantes de massa, há muito que faz as suas pizzas -as melhores que alguma vez já comi- num conceito luso muito próximo da tarte flambée -e para quem quiser a base de 'pomodoro' desaparece- em forno de lenha e sobre rodas. Claro que lhe chama pizza, porque se lhe desse o nome de flammekueche, era capaz de ser um bocadinho mais difícil convencer a clientela que era coisa para o estômago.

tags:

publicado por LMB às 17:36 | link do post | comentar | favorito


Eu não sei quem é o designer destes balcões muito 'avant-garde', mas eu que não sou propriamente um 'rodas baixas' tenho alguma dificuldade em chegar ao pires da bica e, já agora, à chávena também. Imagino, por isso, as acrescidas dificuldades dos 'Vitorinos', 'Linos', 'Moutinhos' et al deste planeta.
Nem em bicos de pés.
E há tantos que se colocam assim e não chegam a lado nenhum, quanto mais a um balcão deste tipo.


publicado por LMB às 17:11 | link do post | comentar | favorito



publicado por LMB às 17:04 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 04.03.10

Ou pelo menos ficam com as bolas. E eles não pensam mais nisto.

tags:

publicado por LMB às 23:05 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
16

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Books Invoicing

a propósito: o universo c...

limpar portugal

lx: debaixo dos pés

é a vida

pangea ultima

PECa

memória: peggy lee

iSilly

'like angels'

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Abril 2004

tags

37/2007

500 miles

7 maravilhas

abril

agostinho da silva

água

alentejo

algarve

allsopp

amazon

american

amero

amigos

anatomia

anos 60

apollo

apollonius

apple

apple. mac

applestore

apr

arrábida

arrabida

art building

arte

artsoft

astarte

atlântida

att

auschwitz

auto

azeitão

bacalhau

bairro alto

banco

bento

berenice abbott

biblia

bic

bijagós

bizplan

boi

casa portuguesa

computing

cosmos

creiro

cromos

cupertino

dakar

design

dias da radio

do fundo do baú

erp

europa

fiat

fred astaire

gene kelly

gourmet

hansaworld

história

ido mas não esquecido

igreja

iphone

ipod

jazz

lisboa

mac

mac os x

macworld

mafra

marketing

marte

memoria

merchandising

microsoft

mirror world

modelo

motor

mundo

natal

new york

nova iorque

outono

pavarotti

porto

portugal

renovaveis

rodrigo leão

rtp

russia

service

setubal

sic

star tracking

tejo

titanic

trizle

universo

verão

vida

todas as tags

gestão para Mac
Image and video hosting by TinyPic
blogs SAPO
subscrever feeds