Sábado, 31 de Outubro de 2009

Defendida inúmeras vezes pelo Arq. Gonçalo Ribeiro Telles a horta urbana, hoje mais que nunca, deveria ter por parte das autarquias a devida e muito especial atenção.
Tita Balsemão encabeça um projecto de acção social repleto de mérito. Só não é replicado por outros, se esses outros com músculo financeiro o não quiserem ou, na pior das hipóteses, o não consigam compreender.

tags:

publicado por LMB às 23:47 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009
'And I am not afraid of dying. Any time will do; I don't mind.
Why should I be afraid of dying? There's no reason for it—you've gotta go sometime.'

Esta é a introdução. Clare Torry faz o resto.
Quando ela entrou em estúdio, disseram-lhe: "there's no lyrics. It's about dying". E é.

'The Great Gig in the Sky'- Pink Floyd, 1973


publicado por LMB às 23:47 | link do post | comentar | favorito


Uma estória escrita por e para gente especial. Admirável.

Créditos: imagem branca7surdos.weebly.com

tags:

publicado por LMB às 23:03 | link do post | comentar | favorito


Longe vão os tempos em que era preciso estar fisicamente no local para se fazer uma apresentação. Longe também, mas não tão longe verdade seja dita, onde o arrasto e tremideira da imagem e soluços no audio, deitavam por terra a melhor das intenções para uma qualquer acção efectuada remotamente.
Acabei de participar numa cristalina apresentação bem extensa do ERP HWEnterprise a partir de Lisboa para S.Paulo com um nó ainda aqui para Azeitão.
Valeu, galera! Já podem ir à choperia, que a gente deixa.


publicado por LMB às 16:48 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009
O meu 'processo de internacionalização' começou cedo: tive uma companhia austríaca durante algum tempo; ela acabou por passar grande parte do Verão de '79 neste país, repetente do ano anterior, mas dessa nova vez, acabámos por fazer uma volta alargada a este luso quintal pelo centro e norte, já que o sul tinha ficado explorado um ano antes. O comboio foi escolha óbvia para altura, de avião só mesmo entre Viena e Lisboa.
R. gostava de acompanhar quase todas as refeições -já lá chegamos- com café com leite. Uma ocasião, numa cervejaria na Figueira da Foz, fez-me passar por um momento nada convencional ao pedir um galão escuro para acompanhar uns camarões. 'a senhora vai mesmo querer um galão?' -perguntava-me o empregado de mesa incrédulo 'isso até é capaz de lhe cair mal' insistia ele, agora directamente para ela num 'portunhol' clássico, acabando eu por traduzir mas sem a demover. Não foi um, mas acabaram por ser dois. Mesas ao lado corroboraram a opinião do empregado 'olhe que isso vai fazer-lhe mal'. Pois sim, abelha. Mas não fez.
Multibanco na época era coisa que não existia, por isso, viajava-se com dinheiro vivo e uns travelers cheques (dela) para uma troca onde fosse possível, por outro lado, havia nos CTT uma espécie de 'banco postal' onde com uma caderneta se podia levantar dinheiro, previamente depositado: levantava-se 500 ou 1.000 Escudos (ou muito menos), o levantamento era anotado à mão idem o novo saldo e um carimbo dos CTT fazia fé do acto.
Na altura isto era recorrente para mim, porque em muitas zonas não havia agência bancária do BESCL (hoje apenas BES) mas Correios havia quase sempre, portanto era uma alternativa segura dentro do horário da estações e de segunda a sexta feira, claro está. Fim de semana tinha, portanto, de ser resguardado com tempo.
Se tudo correu bem no 'tour' pelo litoral, a coisa complicou-se quando nos embrenhámos pelo interior: apanhados sem o saber num turbilhão de greves que envolvia a banca, correios e transportes (e não me recordo se mais algum sector) fez-nos estacionar no Fundão no parque de campismo local, por muito mais tempo que inicialmente previsto. Pior ainda: comidinha estava esgotada, os travelers cheques já não existiam e o graveto nacional dava apenas para umas carcaças sem grande conduto. Subsistia uma única nota gorda de Xelins austríacos, que para ser cambiada num restaurante que a aceitasse, iríamos sair a perder e bem. Serviu essa nota de caução na recepção do parque de campismo por troca de umas conservas (leite também, naturalmente) e um telefonema internacional. De Graz, na Áustria, veio a salvação dias depois, num serviço da Marconi para a estação de correios do Fundão.
O instantâneo fotográfico aqui deste post, apanhou-me carregado de compras no supermercado local, na avenida principal do Fundão, depois de uma semana inteira a pão e caroços de azeitona.
Faltava ainda a CP funcionar. Mas isso é outra estória.

tags:

publicado por LMB às 20:41 | link do post | comentar | favorito


"a minha única experiência com a 'agricultura' foi plantar umas alfaces num canteiro de varanda. Nasceram umas 'ervas' que tirei, mas afinal eram as alfaces"- dizia-me ela, divertida, na sequência de conversa breve derivada precisamente para o tema agrícola. Pois, a minha relação com 'plantações' fica-se praticamente pelo mesmo cenário, com a diferença que o manjericão está ali robusto e em rápido crescimento.
A imagem lá de cima é um troço do Azeitão rural bem próximo aqui de casa, que pergunto a mim mesmo quanto tempo ainda resistirá até que alguém do cimento pense que o melhor será arrancar estas 'ervas daninhas'.


publicado por LMB às 20:23 | link do post | comentar | favorito


Ainda hoje ouvia o clássico mito: 'mas há compatibilidade no Mac com os PC's?'
O que significa que a mensagem custa a passar da imensa minoria para a razoável maioria.

"I have a confession: I'm a switcher. My long journey with Windows which began even before Windows with MS-DOS, ended with Windows Vista. While so many others navigated the Vista debacle by sticking with Windows XP, I gave Vista a try -- and gave up. I leapt to the Mac OS."[...]

Créditos: imagem infoworld.com


tags: ,

publicado por LMB às 20:07 | link do post | comentar | favorito


'born to be wild' mas só durante as férias. O que sabia sempre a pouco.
Esta é um pouco mais antiga que a do post anterior (a revolução tinha apenas cinco anos) e lembro-me relativamente bem desta ocasião em que a foto foi tirada durante uma tremenda saraivada em pleno Agosto e em Lagos. Valeu esta tenda holandesa tipo T3 de refúgio durante a tormenta já que a minha optou por boiar e a de reforço, seca, estava ainda a trezentos quilómetros dali.
Da esquerda para a direita, moi-même, o Rodrigo e o Filipe.


tags:

publicado por LMB às 16:38 | link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito


Tudo bons rapazes & boas raparigas.
Terei sido eu o fotógrafo de serviço, em vésperas de ano novo -ou já nele- algures no início da década de '80, numa quinta -pioneira do turismo rural gerida na altura por um professor com visão empresarial- nos contrafortes da serra de Mira d'Aire.
Chegou-me hoje de surpresa, um conjunto de fotos que não fazia sequer ideia que existissem e que afinal têm estado em boas mãos e por lá irão ficar. Obviamente, este é o tipo de post que apenas aos intervenientes pode interessar e é esse o objectivo: en passant, verificam também as maravilhas do formol.

tags:

publicado por LMB às 16:14 | link do post | comentar | favorito


No fundo é ânsia; depois apelida-se de 'força maior'.
Ânsia de facturar por um lado, ânsia de consumidor por outro. Um e outro podem, obviamente, funcionar, desde que estejam reunidas as condições.
Esta nova superfície comercial dita de 'discount' instalou-se e abriu portas na zona de Azeitão há pouco menos de uma semana, ainda sem estar pronta. Claro que facturou de imediato e, por isso, talvez não custe tanto agora a inactividade forçada por razões óbvias.
Há dez anos, na zona, existia apenas um supermercado; hoje coexistem oito pelo menos, sendo que a distância entre quatro deles não é superior a cem metros.
Concentrado de supermercados, portanto.

tags:

publicado por LMB às 10:48 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

Em praticamente trinta anos de actividade profissional já não me devia surpreender com algumas coisas deste nosso tecido empresarial, que por sua vez, é, em alguns casos, igualmente surpreendente. Mas continuo ser surpreendido e, como dizia Lenine: 'aprender, aprender sempre'.
Registo então -com surpresa, evidentemente- quando me escrevem, a propósito de ERP, dizendo que 'nos permita o manuseio facilitado do programa e não a gestão da empresa'.
Não sei o que diga, mas ocorre-me isto: no Martim Moniz há calculadoras baratas à venda.

tags: ,

publicado por LMB às 18:19 | link do post | comentar | favorito


Diz que:
"falta de realismo salarial provocará mais desemprego"

ainda bem que reconhece. Assim, talvez já não exista razão para o seguinte:
"[...] Dessa lista de bafejados por privilégios que são uma afronta à pobreza e deixam estupefacta qualquer pessoa, destacado, à cabeça, surge o Governador do Banco de Portugal. Qualquer coisa como 272.628 euros, ou seja, quase 3894 contos mensais, 14 meses/ano, é quanto recebe anualmente Vítor Constâncio, que se tem destacado como arauto da contenção salarial para os trabalhadores mas que recebe um vencimento que ultrapassa o do presidente da Reserva Federal dos EUA, que ganhará 146 mil euros anuais.[...]"

Créditos: imagem ionline.pt

tags:

publicado por LMB às 14:49 | link do post | comentar | favorito

Contrariando aquilo que os letões costumam dizer 'que nada acontece na Letónia que mereça ser notícia', desta vez parece que tem motivo para ser capa de jornal local: o aparente meteorito acabado de se estatelar em solo letão. Isso ou outra coisa qualquer, porque aparentemente existirá alguma dúvida.
Também não é todos os dias que se consegue filmar e difundir na hora o resultado do impacto sem aviso seja lá do que for. Se tivesse havido uma camera por perto quando o também provável mega calhau atingiu a remota floresta de Tungunska, na Sibéria em 1908, talvez não restassem dúvidas do que tivesse sido, isto porque a cratera nunca foi descoberta, somente oitenta milhões de árvores dizimidas. O que já é obra.


tags:

publicado por LMB às 14:17 | link do post | comentar | favorito

Já tem alguma rodagem mas é, sem dúvida, um interessante projecto: LiveMocha
Para aprender uma língua estrangeira, nada melhor do que ter nativos para ajuda e se esses integram uma alargada comunidade virtual, disponível para dar e receber de forma gratuita, então, melhor ainda.



publicado por LMB às 11:13 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 25 de Outubro de 2009


publicado por LMB às 15:38 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
16

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Books Invoicing

a propósito: o universo c...

limpar portugal

lx: debaixo dos pés

é a vida

pangea ultima

PECa

memória: peggy lee

iSilly

'like angels'

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Abril 2004

tags

37/2007

500 miles

7 maravilhas

abril

agostinho da silva

água

alentejo

algarve

allsopp

amazon

american

amero

amigos

anatomia

anos 60

apollo

apollonius

apple

apple. mac

applestore

apr

arrábida

arrabida

art building

arte

artsoft

astarte

atlântida

att

auschwitz

auto

azeitão

bacalhau

bairro alto

banco

bento

berenice abbott

biblia

bic

bijagós

bizplan

boi

casa portuguesa

computing

cosmos

creiro

cromos

cupertino

dakar

design

dias da radio

do fundo do baú

erp

europa

fiat

fred astaire

gene kelly

gourmet

hansaworld

história

ido mas não esquecido

igreja

iphone

ipod

jazz

lisboa

mac

mac os x

macworld

mafra

marketing

marte

memoria

merchandising

microsoft

mirror world

modelo

motor

mundo

natal

new york

nova iorque

outono

pavarotti

porto

portugal

renovaveis

rodrigo leão

rtp

russia

service

setubal

sic

star tracking

tejo

titanic

trizle

universo

verão

vida

todas as tags

gestão para Mac
Image and video hosting by TinyPic
blogs SAPO
subscrever feeds