Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

'Tonight I have to leave it'
Da Suécia já é hábito vir coisinhas com qualidade. Da música ao software, por exemplo.


publicado por LMB às 23:16 | link do post | comentar | favorito


Pet Airways

tags:

publicado por LMB às 23:06 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

O tema é recorrente, este, de uma Ibéria unificada. Segundo o levantamento feito pela Universidade de Salamanca, numa amostragem de oitocentas e tal almas feita há um par de meses, 40% dos lusos e 30% dos espanhóis apoiam uma federação ibérica, contudo, apenas 1% destes últimos sabe o nome do nosso primeiro, contra os 54% nossos que sabem o nome do homólogo vizinho.
Quem te manda a ti, Zapatero, tocar rabecão?

tags:

publicado por LMB às 15:43 | link do post | comentar | favorito


Money laundering, at its simplest, is the act of making money that comes from Source A look like it comes from Source B.
É por isso que é bom ler o artigo publicado pelo 'How Stuff Works'. Didáctico.


publicado por LMB às 14:56 | link do post | comentar | favorito


De comer. De preferência em dentadas aceleradas e 'num importa os vês pelos bês'.
Melhor maçã do que laranja: laranja de manhã é ouro, à tarde prata, à noite mata. Dizem.

tags: ,

publicado por LMB às 14:03 | link do post | comentar | favorito


Sim, porque até lá, são férias.

Créditos: imagem via rtp.pt


publicado por LMB às 00:43 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 28 de Julho de 2009

Através de uma iniciativa do jornalista Paulo Querido, gerou-se a denominada 'blogconf'. Video de abertura aqui na LX Factory.
@PQ: gosto de o ver com um MacBook; longe vão os tempos em que a bordoada na marca e no distribuidor oficial português faziam parte da sua assinatura.


publicado por LMB às 21:02 | link do post | comentar | favorito


Espelho meu, espelho meu: haverá algum touch maior que o meu?
É provável.

Créditos: imagem Stocco

tags: ,

publicado por LMB às 17:03 | link do post | comentar | favorito


Dar-me-iam jeito, mas enfim. Aqui, aquele clássico dizer castelhano sobre as bruxas '...pero que las hay, las hay!' faz todo o sentido: em primeiro lugar e para começar, hoje em dia, são pagas: 58K€ por ano, não é de deitar fora. Onde? Andam à procura delas aqui ; em segundo lugar, e para terminar, porque podem até ficar como referência para memória futura, dependendo das sua mestria -'skills' como termo mais actual e importado- para a arte da feitiçaria e serviços conexos. Onde? Aqui, no Surnateum.


publicado por LMB às 16:22 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

  • Years ago in the pre-Internet era, AOL was the talk of the town, so Microsoft had to copy it with MSN. No money was made; no strategic advantage was gained.

  • Netscape was the rage for a while, so Microsoft threw together a browser and got in that business. The browser was given away for free. No money was made; the strategy got the company in trouble with government trustbusters.

  • During the early days of the Internet, new online publications appeared. Microsoft decided to become a publisher too, rolling out a slew of online properties including a computer magazine and a women's magazine. They were all folded.

  • Computer books became popular; Microsoft began Microsoft Press. After an early splash and success, the company soon lost interest and the division now languishes.

  • Teddy Ruxpin became a hot toy. Microsoft rolled out a couple of robotic plush toys, including the creepy Barney the Dinosaur who sang "I love you and you love me." The company soon lost interest and dropped the whole thing.

Esta lista de fracassos de Redmond, do género 'este-brinquedo-já-não-presta' não acaba aqui. O resto, da autoria de John Dvorak (que por cá passou há pouco tempo) pode ser lido aqui.
Vem isto a propósito de mais uma intenção de copiar o que já está feito: as hipotéticas novas lojas Microsoft 'Apple-alike', de preferência bem perto umas das outras.


publicado por LMB às 19:35 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 25 de Julho de 2009

'Diogo Homem, da área de marketing e comunicação da EMEL, disse ao PÚBLICO que está em curso a colocação dos parquímetros e arrancará de seguida a da sinalização vertical, prevendo-se que as novas regras comecem a ser aplicadas durante o mês de Agosto. A área em causa abrange cerca de 3200 lugares de estacionamento, dos quais 2100, “a grande maioria”, poderão ser utilizados apenas por residentes e comerciantes.'

Tenho esperança de, um dia, ver esta parasitagem com uma senha num centro de emprego distante. Enquanto isso não acontece, o resto da notícia com as peregrinas ideias da EMEL pode ler-se aqui.
E sim, também já residi em Campo d'Ourique, mas não suporto viver em Lisboa, hélas.

tags:

publicado por LMB às 00:00 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

Diacho! Acho que não percebi mesmo.


publicado por LMB às 23:50 | link do post | comentar | favorito


"The Portuguese are among the glummest people in Europe. According to a Eurobarometer poll, 92% see the economic situation as bad; fully 95% are depressed about their job prospects; and over half are “dissatisfied with the life they lead. [...] To improve its performance, Portugal needs more flexible labour laws, less bureaucracy, a better educated workforce, more competition and a smaller state."

Também não precisamos de muitos Economistas.

Via The Economist

tags:

publicado por LMB às 19:37 | link do post | comentar | favorito


Vai fazer, neste próximo Outono, vinte anos que o muro de Berlim caiu por terra, vinte e oito depois de ter sido montado. Parece que foi ontem que eu assistia incrédulo, no Porto, às imagens televisivas que chegavam dos 'dois lados da Alemanha'.
O 'checkpoint Charlie' representava para o lado oriental o vislumbre da arriscada liberdade e, para o lado ocidental, a acurada observação que nem sempre tinha como mote 'a Leste nada de novo'.
Peter Fechter terá sido a primeira vítima desse muro ignóbil e, a última, aconteceu poucos meses antes do derrube. Quantos ficaram com o sonho destruído, não se sabe ao certo.
A liberdade vem sempre com um preço caro agarrado. Espera-se que o desenho de uma 'nova ordem', aparentemente cada vez mais próxima, não venha com uma muralha pendurada. Porque com preço, virá.

tags:

publicado por LMB às 18:37 | link do post | comentar | favorito


45 milhões foi o número dito por Tim Cook a propósito do n# de unidades de iPhone & iPod touch vendidos nos dois últimos anos. Consideremos certo, então.
A AdMob disponibilizou ontem as métricas utilizadas para esta matéria que geram um relatório disponível aqui.
Curioso o gráfico lá em cima, na imagem, se compararmos o 'share' das regiões com os utilizadores também por regiões geográficas...

Créditos: imagem admob.com

tags: , ,

publicado por LMB às 17:56 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
16

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Books Invoicing

a propósito: o universo c...

limpar portugal

lx: debaixo dos pés

é a vida

pangea ultima

PECa

memória: peggy lee

iSilly

'like angels'

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Abril 2004

tags

37/2007

500 miles

7 maravilhas

abril

agostinho da silva

água

alentejo

algarve

allsopp

amazon

american

amero

amigos

anatomia

anos 60

apollo

apollonius

apple

apple. mac

applestore

apr

arrábida

arrabida

art building

arte

artsoft

astarte

atlântida

att

auschwitz

auto

azeitão

bacalhau

bairro alto

banco

bento

berenice abbott

biblia

bic

bijagós

bizplan

boi

casa portuguesa

computing

cosmos

creiro

cromos

cupertino

dakar

design

dias da radio

do fundo do baú

erp

europa

fiat

fred astaire

gene kelly

gourmet

hansaworld

história

ido mas não esquecido

igreja

iphone

ipod

jazz

lisboa

mac

mac os x

macworld

mafra

marketing

marte

memoria

merchandising

microsoft

mirror world

modelo

motor

mundo

natal

new york

nova iorque

outono

pavarotti

porto

portugal

renovaveis

rodrigo leão

rtp

russia

service

setubal

sic

star tracking

tejo

titanic

trizle

universo

verão

vida

todas as tags

gestão para Mac
Image and video hosting by TinyPic
blogs SAPO
subscrever feeds