Domingo, 31 de Agosto de 2008

Há a tendência, em termos de gestão, de olhar para algumas linhas de informação de maior relevo, quer seja EBITDA quer sejam vendas, quer seja fornecedores; se bem que esta última, para alguns, assume a linha de menor importância e por inerência aquela que, de soslaio, se olha ao pousar a folha de informação. Claro está que, se nela constar a fornecedor principal e que faz mover o negócio, bom, então, sempre se poderá ajustar a visão. Com alguma deficiência, mas ajusta-se, o que não significa que se lhe dê capital importância, bem vistas as coisas tem na mesma o rótulo de '22' no plano de contas.
Titó anda contente com a sua nova loja de bijutaria fina: tem artigos importados e alguns nacionais, um soberbo espaço na viela mais movimentada de Nozes de Baixo, pessoal especializado capaz de distinguir prata de lei de uma armadilha em papel de alumínio e tem clientes. Não tantos como pensaria ter, mas tem.
Titó tinha trabalhado antes na grande distribuição de pneus recauchutados, por isso a bijutaria fina não lhe traria problemas, a bem dizer, ambos os negócios utilizam aramito. Pensou e disse.
De resto, o convite formulado pelo grupo de excursionistas/accionistas que lhe colocaram na mão um importante projecto de loja altamente especializada em finos ornamentos não poderia ser deitado a perder.

Na sua folha de cálculo pouco calculado, Titó traça um ambicioso objectivo ao olhar para a sua mão esquerda enquanto segurava um 'mata-ratos' barato: dois dedos entalavam a beata e um, o polegar, parecia fazer o sinal de tudo fixe. A soma dá três. Três milhões parece-me bem.
Titó passou a altura do PREC a jogar à carica na borda do passeio, por isso, a consulta às bases era tema que nunca ouvira falar. 
Três milhões era um número redondo e bonito e, por ser bonito, faria boa figura junto do grupo de excursionistas/accionistas do projecto. Óbvio que fez. A grande linha era essa: quanto vende. E percebeu que esse grupo alinhava pela mesma leitura.
Titó patina no seu próprio orçamento não recauchutado, sabe que tem um desvio de meio milhão que nunca há-de recuperar, que mais de metade dos dias dos meses está abaixo da média traçada, mas pensa também: que diacho! Se o Sado nasce lá nos Algarves e corre ao contrário, de baixo para cima e chega à foz, o que é um rio comparado com meu proactivo fluxo gerador?

De facto, direi eu, ambos terão capacidade de afogamento.  
A fábula do 'Coelhinho Gestor' em post publicado pelo meu estimado amigo PA, há quase três anos, é um bom exemplo das grandes linhas. Não necessariamente orientadoras. 


publicado por LMB às 23:36 | link do post | comentar | favorito


Alguns meteorologistas, do local do costume, anunciavam há um par de meses "o mais tórrido Verão dos últimos anos"; a menos que tenha sido, por cá, na zona da terra quente do Nordeste, por aqui, no litoral sadino, a coisa foi bem pacífica: hoje nevoeiro, ontem, como se vê, só faltou chover. 
Podia ter ido até às Fiji, que dizem ser um sítio catita, mas como sou um tipo de gostos simples, prefiro ficar por aqui. 


publicado por LMB às 22:53 | link do post | comentar | favorito


O epíteto parte do 'Mayor' de New Orleans. Na verdade, assim parece ser. Quando uma tempestade é maior que o estado do Texas, não deverá haver muitos Chuck Norris disponíveis para se armarem em valentes. A época dos furacões & depressões está no seu pleno. O furacão Gustav que está a cerca de 18h de entrar pela boca do rio Mississipi acima, está, obviamente, a assustar toda a população da castiça cidade de New Orleans, tão devastada há 3 anos por outra super tempestade.
Uma evacuação de uma cidade utilizando aviões, é sintoma que desta vez as coisas devem ser levadas muito a sério e num curtíssimo espaço de tempo, porque a categoria 3 ou 4 num episódio destes é, por certo, devastador.


publicado por LMB às 16:39 | link do post | comentar | favorito


Vejamos então do que é capaz por 100gr. de bofe.


publicado por LMB às 01:22 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 30 de Agosto de 2008

Isto sim, devem ser cães.


publicado por LMB às 23:55 | link do post | comentar | favorito


Créditos: imagem englishrussia.com


publicado por LMB às 23:39 | link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

Pois.
a) Preocupação social certamente: "eles são uns queridos, mas são ladrões"

b) Preocupação empresarial sobre o rodovalho em Mira: "estou farta de <Pescanova>" Também pode ser 'brand awareness'.

Honi soit qui mal y pense.


publicado por LMB às 17:55 | link do post | comentar | favorito


Se ao menos os 'phosphatos e sulphatos' do filme publicitário Via Aurea, do post anterior, servissem para exterminar este maldito nemátodo, isso é que seria ouro sobre azul. Verde, neste caso.
Já oiço falar deste insecto 'seca-seiva' há uns anos bons, mas ver ao vivo grandes áreas de pinhal doente serem abatidas, esta semana, aqui na zona da Arrábida é coisa que faz doer.
Como escreveu Karl Valentin: 'e não se pode exterminá-lo?'
Aparentemente, não.


publicado por LMB às 17:32 | link do post | comentar | favorito


Pequena preciosidade em 35m/m, agora exemplarmente restaurada, deste pequeno filme publicitário dos anos 30 visando a qualidade dos 'phosphatos e sulphatos' da CUF e Imperial Chemical Industries, respectivamente.
O jovem Vasco Santana, já aqui deixava antever, a graça futura nos filmes que quase todos nós conhecemos. Mesmo separado por sete décadas, nota-se que o filme podia muito bem ser algo realizado nos nossos dias, ao melhor estilo de um 'flashback' e porque não há, assim tanto, uma diferença colossal sobre a forma de anunciar. E fosfatos ou sulfatos não é um produto fácil.
Terá certamente antecido uma 'première' de alguma fita estrangeira, ao abrigo da 'lei dos cem metros' de 1927.

tags:

publicado por LMB às 16:52 | link do post | comentar | favorito


A propósito da que será a pimeira múmia Wari descoberta no Perú e, admitindo algum parentesco com os Wari do brasileiro estado de Rondônia, há aqui um texto de aguçar o apetite.


publicado por LMB às 00:53 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008

Terei, seguramente, centenas de receitas: ora em capa rígida e bonitinha, ora em manuais culinários vindos de uns tantos alfarrabistas, ora em documentos únicos que atravessam gerações na mesma família.
Este lá em cima, não está em nenhuma destas categorias. É um pequeno livro oferta da Royal de 1966. Mas para além das 'receitas testadas' é daqueles que se preocupam com o detalhe, seja do exacto grau Baumé, seja da limpeza 'com palha de aço' numa forma não aconselhável de lata, seja ainda do tempo preciso e número exacto de batidelas da massa. 'Bata vigorosamente umas 300 vezes'. É obra.
Sem necessidade de exóticos 'Chef' de turbante ou alta pastelaria de fusão de coisa nenhuma, as tais receitas testadas, são de facto, tiro certeiro. Não há falhas, se seguidas à risca.
Bons tempos em que havia tempo.


publicado por LMB às 23:32 | link do post | comentar | favorito


Pode até ser uma campanha interessante, esta da Super Bock, mas, na verdade, deixa muito a desejar quanto à qualidade e capacidade de percepção dos dígitos alfa numéricos que -de acordo com a resposta que recebi- "utilizam a mais recente técnica de gravação a laser" no interior das caricas. Sumidos e mesmo invisíveis ou onde um'Q' pode ser um 'O' ou um '0' (zero) é como de facto se apresentam, pelo menos aquelas que por aqui tenho. Falta de tacto desta vez, nada habitual de resto, nas campanhas da SB.


publicado por LMB às 12:01 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

"We are not human beings having spiritual experiences, we are spiritual beings having human experiences"
-Pierre Teilhard de Chardin-


publicado por LMB às 22:19 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 26 de Agosto de 2008

É realmente impressionante -e preocupante- a vigilância efectuada pelos países (uns mais que outros) à rede world wide web.


publicado por LMB às 14:23 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008


publicado por LMB às 13:37 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
16

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Books Invoicing

a propósito: o universo c...

limpar portugal

lx: debaixo dos pés

é a vida

pangea ultima

PECa

memória: peggy lee

iSilly

'like angels'

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Abril 2004

tags

37/2007

500 miles

7 maravilhas

abril

agostinho da silva

água

alentejo

algarve

allsopp

amazon

american

amero

amigos

anatomia

anos 60

apollo

apollonius

apple

apple. mac

applestore

apr

arrábida

arrabida

art building

arte

artsoft

astarte

atlântida

att

auschwitz

auto

azeitão

bacalhau

bairro alto

banco

bento

berenice abbott

biblia

bic

bijagós

bizplan

boi

casa portuguesa

computing

cosmos

creiro

cromos

cupertino

dakar

design

dias da radio

do fundo do baú

erp

europa

fiat

fred astaire

gene kelly

gourmet

hansaworld

história

ido mas não esquecido

igreja

iphone

ipod

jazz

lisboa

mac

mac os x

macworld

mafra

marketing

marte

memoria

merchandising

microsoft

mirror world

modelo

motor

mundo

natal

new york

nova iorque

outono

pavarotti

porto

portugal

renovaveis

rodrigo leão

rtp

russia

service

setubal

sic

star tracking

tejo

titanic

trizle

universo

verão

vida

todas as tags

gestão para Mac
Image and video hosting by TinyPic
blogs SAPO
subscrever feeds