Segunda-feira, 19 de Setembro de 2005


O marketing é danado. E às vezes não funciona.

Comprei um daqueles cartões Optimus 5€-5€ chamadas que se vendem no hipermercado do mesmo Grupo. Até aqui tudo bem. Activar o cartão: coisa aparentemente fácil. Escolher o tarifário: hummmm. Da panóplia descritiva no livrinho que acompanha o cartão SIM, escolho (apenas na leitura) o Total Livre. Diz que não há carregamentos, e 2 chamadas é qb por trimestre. OK. "Este serve" penso eu.
Activar o n#. Ligar para o número indicado. Já está. Voz de menina gravada: "O seu cartão já está activo. Obrigado".
Eh lá! Então e o tarifário? Não escolhi nada (porque não deu hipótese).

Vamos lá ligar para o tal "do apoio ao cliente": dizem que a gravação continuaria para eu escolher o tarifário. Inverdade. Não deu qualquer hipótese. Fico a saber que "por defeito" o sistema assume um plano "boomerang" qualquer da Optimus. Boomerang? Qual boomerang? Eu quero é o "Total Livre"! Respondem: "Bom... como só activou o n# de telemóvel há poucos minutos, eu excepcionalmente vou efectuar aqui o registo do tarifário que pretende".

Desculpe?... Disse "excepcionalmente"?


publicado por LMB às 19:00 | link do post | comentar | favorito



Ao tropeçar hoje numa notícia do jornal Toronto Star, sobre a guerra verbal hoje mantida entre o Canadá e a Dinamarca por causa de um pedação de rocha ártica que cada um diz ser seu e dá pelo nome de Hans Island, não pude deixar de sorrir ao lembrar-me que há uns anos conheci um canadiano que de tão idiota nem sequer faz parte da minha listagem de desinteressantes. É que no fundo, também esse tinha uma certa mania de intromissão gratuita em assuntos que não lhe diziam respeito e, quando lhe diziam, fazia por não entender, amuando. Apesar de ser um rapazito para os seus 28 anitos, a barba nasceu-lhe tarde.
A realidade é que quase chegou a dar aquela impressão-tipo "mas lá serão todos assim?...". Não. Claro que não. Lá como cá. Há personagens por quem temos uma empatia quase imediata, há outros que nem mesmo depois das trombetas do juízo final a coisa se compõe. Este é o caso. O Canadá é que não tem culpa.


publicado por LMB às 18:28 | link do post | comentar | favorito


Ainda a propósito da rapaziada de Cupertino: há um par de anos, mais coisa menos coisa, um amigo meu (daqueles que são verdadeiros amigos) e que escolheu na vida ser um designer fabuloso, propos-me uma peça para um projecto que estava a realizar na altura, saída da criatividade do seu atelier e justamente das mentes criativas que por lá habitam, um papel enorme de presente, baseado no figurismo das obras de Roy Lichtenstein, mas adaptado à marca informático que tanto apreciava (penso que continuo a apreciar). No fundo, Roy e a tal rapaziada até sairam a ganhar, mas não deram por isso: um já não a poderá ver, os outros, são realmente distraídos.


publicado por LMB às 17:28 | link do post | comentar | favorito



Lá pelas bandas da Califórnia, Cupertino para melhor precisar, vão lançando de vez em quando verdadeiras obras de arte tecnológica. Digo de vez em quando, porque, de quando em vez, lá dão um tiro no pé. Este novo gadget que lançaram há dias, é prova disso. Que falta fará no mercado mais um chip espalmado, dietético e caro? Provavelmente, rigorosamente nenhuma. É mais do mesmo, afinal de contas: música & ficheiro Lda.
OK. Cabe no bolso dos trocos dos jeans. Mas alguém mete lá alguma coisa naquele mini-bolso? Hummm.

Se junto a este "hi-tech device" se juntar um outro "hi-tech mobile" que para lá de efectuar chamadas, também dá música, então teremos a alta fidelidade instalada e ambulatória. Perfeito.
Quem disse que o resto (não) era música?...


publicado por LMB às 16:59 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 11 de Setembro de 2005



Quer-me cá parecer que estes escoceses (...) ainda vão dar que falar daqui a umas luas, ou como diria Arrabal: "Irei como um cavalo louco".


publicado por LMB às 02:25 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito


Há 4 anos, dizia eu para um amigo meu iraniano, em trânsito de Paris para New York: "Eh pá, parece que houve um alarido qualquer nos EUA e a coisa está complicada. Ainda não se sabe bem o que aconteceu. É capaz de ser melhor adiares a viagem.." "Não" -dizia ele ao telefone- "deve ser só uma coisa sem grande importância. Tenho mesmo de ir". Pois.
Não foi.


publicado por LMB às 01:26 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
16

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Books Invoicing

a propósito: o universo c...

limpar portugal

lx: debaixo dos pés

é a vida

pangea ultima

PECa

memória: peggy lee

iSilly

'like angels'

arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Abril 2004

tags

37/2007

500 miles

7 maravilhas

abril

agostinho da silva

água

alentejo

algarve

allsopp

amazon

american

amero

amigos

anatomia

anos 60

apollo

apollonius

apple

apple. mac

applestore

apr

arrábida

arrabida

art building

arte

artsoft

astarte

atlântida

att

auschwitz

auto

azeitão

bacalhau

bairro alto

banco

bento

berenice abbott

biblia

bic

bijagós

bizplan

boi

casa portuguesa

computing

cosmos

creiro

cromos

cupertino

dakar

design

dias da radio

do fundo do baú

erp

europa

fiat

fred astaire

gene kelly

gourmet

hansaworld

história

ido mas não esquecido

igreja

iphone

ipod

jazz

lisboa

mac

mac os x

macworld

mafra

marketing

marte

memoria

merchandising

microsoft

mirror world

modelo

motor

mundo

natal

new york

nova iorque

outono

pavarotti

porto

portugal

renovaveis

rodrigo leão

rtp

russia

service

setubal

sic

star tracking

tejo

titanic

trizle

universo

verão

vida

todas as tags

gestão para Mac
Image and video hosting by TinyPic
blogs SAPO
subscrever feeds